Desenvolvimento

O Desenvolvimento de poços compreende a etapa final da perfuração onde devemos remover o fluido de perfuração, reboco, e filtrados, restituindo as condições hidrodinâmicas naturais do aquífero no entorno do poço.

Este processo muitas vezes não é eficiente, e assim o poço passa a operar abaixo de sua capacidade total de produção por um problema que pode e deve ser resolvido. Devemos lembrar que a projeção de operação de um poço é de 20 a 30 anos, ou até mais, e se o problema não é resolvido no inicio toda a operação do poço e custo por m³ de água produzida será mais elevado do que um poço corretamente desenvolvido, sem efeitos do fluído de perfuração e com sua produção máxima.

Nestes casos o NO RUST causa uma forte inversão de pH e alta solubilização do reboco e dispersão dos resíduos do fluído de perfuração, permitindo assim sua rápida retirada.

Para casos mais complexos com alto uso de fluidos inorgânicos a base de bentonita ou polímeros acrílicos, podemos utilizar combinadamente o NO RUST “D” que foi desenvolvido para estes casos e tem sua composição e metodologia patenteada.

Utilização do NO RUST (Desenvolvimento)

  • Desenvolvimento de poços = 03 a 05 litros/m³ de volume estático no poço (volume interno + volume aberto no pré-filtro).

(*) para a mineração e fluídos complexos a base bentonita consulte cálculos mais específicos.

Entre em contato conosco por telefone (11) 5096-5888 ou pelo formulario abaixo

Endereço

  R. Félix de Sousa, 343
Vila Congonhas, São Paulo - SP
CEP 04.612-080

vendas@maxiagua.com
 (11) 5096-5888

Contatos
Siga-nos